Golpe no Mercado Livre e Mercado Pago vem lesando vendedores! Quais os cuidados e como agir?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Sellers

Os marketplaces continuam, na mira dos criminosos digitais. Diariamente crescente o número de vítimas nestas plataformas. Por outro lado, o foco nos últimos meses de acompanhamento do Instituto de Defesa do Cidadão na Internet – IDCI Brasil, tem demonstrado um aumento exponencial de ataques direcionados a vendedores. Lembrando que os marketplaces são utilizados por 95% dos brasileiros.

Comportamento de compra

Os marginais criam contas, estudam o comportamento de compras de usuários, se anunciam como vendedores e arrolam todas as vulnerabilidades que encontrarem na plataforma, definindo um mapa de ação, com papéis e responsabilidade de todos na quadrilha. Uma pessoa muito comunicativa fará o contato com o vendedor, um outro personagem já está com o computador aberto aguardando o sinal de infecção para velozmente transferir o dinheiro, e um outro, ainda, já está com as contas abertas prontas para tão logo receber o produto do crime, sacar.

E vamos para o golpe

O vendedor recebe um ligação de “Mercado Pago”, onde a pessoa sabe praticamente tudo sobre a vida da empresa, nome de colaboradores, contas, dados pessoais, etc. O papo é quase sempre o mesmo “O senhor teve algumas vendas contestadas e não respondeu. Portanto, vamos suspender sua conta. O senhor pode ver no painel as vendas”. Na hora o vendedor entra em pânico, pois depende da conta para sustento de sua empresa. Porém, ao pesquisar, o vendedor não encontra nada, e na ligação já avisa sobre este fato. E é neste ponto que acontece o arremate do bandido “Ah, o Senhor está com seu sistema desatualizado! Por favor, acesse este link e baixe o atualizador, para que possa continuar. Continue na linha que vou de auxiliar”.

É golpe?

Neste momento a atendente passa um link que se parece com o do Mercado Pago, mas tem uma terminação “.online” (Isso pode variar de acordo com o golpe). O vendedor nem percebe, baixa o App, começa a instalação. E uma barra de “progressão” bem lenta começa a rodar. Neste momento o computador não responde mais aos comandos do usuário. O vendedor continua na linha, a moça comunicativa continua enrolando e de repente, alertas de PIX saindo da conta começam a ser disparados. É neste momento que, percebendo algo errado, clientes questionam a moça ao telefone. A linha cai…

Danos causados a Sellers

Na verdade, não existia “atualizador”, “guardião”. Na verdade, a moça articulada não trabalhava no Mercado Pago e as vendas contestadas eram falsas compras ou nem existiram. Neste momento os meliantes desfalcam os vendedores de diversas formas: a) transferem todo o dinheiro da conta; b) Fazem antecipações de pagamentos na velocidade da luz; c) Contratam um empréstimo pré-aprovado altíssimo, também na velocidade da luz! De quebra, ainda a empresa pode ser bloqueada pelo Mercado Pago e deixar de poder vender seus produtos.

E agora?

É melhor pensar sempre preventivamente. Portanto, a recomendação é a conscientização de colaboradores e funcionários de departamentos financeiro sobre os riscos e para não confirmarem estas abordagens, muito menos enviarem códigos por telefone.

Já cai e agora? Posso ser indenizado ou reparado?

Não há dúvidas que o golpe não teria sucesso e os criminosos não tivessem à sua disposição tantos dados pessoais obtidos, não se sabe como. Do mesmo modo, a plataforma não adota, via de regra, nenhuma medida para detectar atividades fora do padrão como saques astronômicos, contas diferentes cadastradas, bem como em liberar vultuosos empréstimos, alguns que excedem até o capital social das empresas lesadas. Salve todas a provas do golpe, faça imediato contato com bancos de destino da fraude e com o Mercado Pago, registre a ocorrência policial. Após, é importante procurar ajuda especializada para identificação dos ofensores e para reparação pelos danos, ou mesmo para cancelamento dos empréstimos realizados, pois do contrário, a empresa terá o empréstimo descontado de suas vendas. Fique atento!

Fale consoco!

Saber como agir rapidamente é fundamental. Contate um Jurídico especializado e não inicie qualquer tratativa sem estar devidamente orientado!. Envie sua mensagem para consultor@josemilagre.com.br ou ligue (11) 3254-7616 e lhe ajudaremos.

image_pdfPDFimage_printImprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima